UEL abre pedidos de isenção da taxa do Vestibular 2020

Primeiro momento é voltado para os inscritos no CadÚnico. Posteriormente, será a vez do critério Sebec.

A Universidade Estadual de Londrina (UEL), no Paraná, abriu o prazo para pedidos de isenção da taxa de inscrição do Vestibular 2020 nesta segunda-feira, 8 de julho. Candidatos inscritos no CadÚnico podem solicitar a gratuidade até 19 de julho.

A isenção pelo CadÚnico é uma das modalidades de gratuidade adotadas pela UEL. É necessário que o candidato tenha o Número de Inscrição (NIS) ativo para que possam fazer o pedido. As orientações completas estão no edital.

Isenção pela Análise Socioeconômica do Serviço de Bem-Estar à Comunidade (Sebec)

Outra modalidade de isenção da UEL é a Análise Socioeconômica do Serviço de Bem-Estar à Comunidade (SEBEC). As solicitações desta categoria começam em 15 de julho e seguem até 2 de agosto.

Resultados

Os isentos pelo NIS/CadÚnico serão conhecidos em 26 de julho. Os candidatos que não forem beneficiados terão os dias 29 e 30 seguintes para recursos, contando com o resultado final em 1º de agosto.

Já o resultado da isenção pelo Sebec será publicado em 26 de agosto, contando com recursos nos dias 27 e 28 seguintes. A versão final será divulgada em 30 de agosto.

Mais informações sobre a isenção podem ser consultadas no edital específico.

Vestibular 2020

As inscrições do Vestibular da UEL serão recebidas de 5 de agosto a 6 de setembro e a taxa é de R$ 153. A primeira fase será realizada em 20 de outubro, enquanto a segunda etapa é esperada para 1º, 2 e 3 de dezembro.

O resultado do Vestibular 2020 é esperado para 13 de janeiro. No mesmo dia, os candidatos poderão começar a manifestar interesse pelas vagas da lista de espera, prazo que acabam em 17 de janeiro.

A UEL oferece 2.559 vagas no Vestibular 2020, sendo 45% das oportunidades destinadas aos cotistas. Mais informações no site da UEL e pelo Manual do Candidato.