Por Marina Baldoni Amaral

Participantes recebem linha do tempo com marcos históricos. Foto: Marina Baldoni

Participantes recebem linha do tempo com marcos históricos. Foto: Marina Baldoni

A 1ª Conferência Nacional de Política Indigenista expõe em seus corredores 26 Linhas do Tempo contendo marcos históricos da luta indígena e da política indigenista no Brasil.

O material foi confeccionado a partir da organização, sistematização e revisão das produções das diversas Rodas de Conversa-Diagnóstico, realizadas nas Conferências Regionais, e faz um resgate importante da memória e história dos povos originários.

As Linhas do Tempo consistem num material rico e em boa parte inédito, que apresenta versões da história narradas pelos próprios povos, pelos sujeitos ou descendentes dos sujeitos que vivenciaram e construíram as políticas e que atentam para momentos, eventos, povos e pessoas que muitas vezes são invisibilizados em versões consideradas oficiais da história.

No final da Conferência os painéis serão encaminhados para cada uma das Comissões Organizadoras Regionais e devem ser incorporados ao acervo histórico de cada região, estimulando a realização de novas pesquisas históricas por parte de moradores das comunidades, membros de associações indígenas, alunos e professores de escolas indígenas e não-indígenas, universidades, funcionários de órgãos de Estado e de organizações não governamentais que atuam na política indigenista.

Conferência

A Conferência foi realizada pelo Ministério da Justiça e pela Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI), com apoio da Flacso Brasil e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Você pode conferir e baixar todos os arquivos e conhecer essas narrativas:

Acre

Alagoas e Sergipe

Altamira

Alto Solimões

Amapá

Bahia

Belém

Campo Grande

Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte

Cuiabá

Dourados

Madeira/Parus

Manaus

Maranhão

Minas Gerais e Espírito Santo

Paraíba

Pernambuco

Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

Rio Negro

Rondônia

Roraima

Santarém

São Paulo e Rio de Janeiro

Tocantins, Goiás e Distrito Federal

Vale do Javari

Xingu

Com informações da Conferência Indigenista