Duração: 11 meses

Início: Abril de 2022

Modalidade: A distância

Coordenação: Juan Ignacio Piovani

Inscrições: Encerradas

Inscreva-se com desconto até 20/01

4ª Turma (2022-2023)

MODALIDADE VIRTUAL

Especialização: 40 créditos, 360 horas / cadeira

Curso internacional: 9 créditos, 90 horas / cadeira

Duração: Abril de 2022 a março de 2023

Com o apoio da Rede Latino-americana de Metodologia de Ciências Sociais

Inscreva-se aqui.

As certificações da Especialização e do Curso Internacional serão realizadas pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil) e pelo Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso).


COORDENAÇÃO GERAL:
Juan Ignacio Piovani (Universidade Nacional de La Plata / CONICET, Argentina), Alberto Riella (Universidade da República, Uruguai)

COMITÊ ACADÊMICO:

Salete Valesan Camba (Flacso Brasil), Juan Ignacio Piovani (Universidade Nacional de La Plata / CONICET, Argentina), Alberto Riella (Universidade da República, Uruguai) / Karina Batthyany (CLACSO)

 

FUNDAMENTAÇÃO

Para transformar a realidade, é essencial ter teorias críticas e métodos de pesquisa poderosos e plurais.

A força do pensamento crítico na América Latina e no Caribe está baseada em uma profunda e vasta tradição metodológica que foi capaz de amalgamar os avanços das ciências sociais com um compromisso com a mudança social, a justiça e a igualdade.Os diversos métodos de investigação utilizados pelos investigadores da área das Ciências Sociais constituem um instrumento fundamental para testemunhar e compreender as injustiças e vulnerabilidades sociais que vivem os nossos povos. A especialização continua e fortalece a trajetória de rigor metodológico que a pesquisa crítica em nosso continente teve desde suas origens para que as novas gerações possam se apropriar desses métodos e técnicas e aplicá-los de forma criativa na produção de pesquisas sociais que contribuam para os debates acadêmicos. mudança social.

OBJETIVOS
Os objetivos da especialização e do curso internacional são:
 
·         Fornecer um panorama renovado dos debates metodológicos atuais nas ciências sociais para uma abordagem crítica da pesquisa social e da construção do conhecimento nas ciências sociais.
·         Melhorar a capacidade dos alunos de formular projetos de pesquisa.
·        Atualizar os alunos no uso de desenhos e técnicas de pesquisa, ajudando a melhorar a qualidade de suas pesquisas acadêmicas.
PÚBLICO ENVOLVIDO
A especialização e o curso internacional destinam-se a alunos de graduação e pós-graduação em ciências sociais; pesquisadores em formação e professores interessados em aprofundar e atualizar seus conhecimentos e habilidades metodológicas para a pesquisa social.
EQUIPE DOCENTE
    Juan Ignacio Piovani (Universidad Nacional de La Plata / CONICET, Argentina)
    Alberto Riella (Universidad de la República, Uruguay)
    Irene Vasilachis (Centro de Estudios e Investigaciones Laborales / CONICET, Argentina)
    Rosa María Rubalcava (FLACSO México)
    Sara Victoria Alvarado (Centro de Estudios Avanzados en Niñez y Juventud del CINDE, Universidad de Manizales, Colombia)
    Rosana Guber (Instituto de Desarrollo Económico y Social / CONICET, Argentina)
    Fernando Cortés Alberto (FLACSO México)
    Manuel Canales (Universidad Estatal de O’Higgins, Chile)
    Ernesto Meccia (Universidad de Buenos Aires, Argentina)
    Paolo Parra Saiani (Università degli studi di Genova, Italia)
    Marcos Supervielle (Universidad de la República, Uruguay)
    Néstor Cohen (Universidad de Buenos Aires, Argentina)
    Gabriela Gómez Rojas (Universidad de Buenos Aires / Universidad Nacional de Mar del Plata, Argentina)
    Paola Mascheroni (Universidad de la República, Uruguay)
    Pablo Dalle (Universidad de Buenos Aires / CONICET, Argentina)
    Jesica Plá (Universidad de Buenos Aires / CONICET, Argentina)
    Fernando Tavares (Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil)
    Leticia Muñiz Terra (Universidad Nacional de La Plata / CONICET, Argentina)
    Eugenia Rausky (Universidad Nacional de La Plata / CONICET,  Argentina)
    Luis Ortiz (Instituto de Ciencias Sociales, Paraguay)
    Joan Miquel Verd (Universitat Autònoma de Barcelona, España)
    German Quaranta (Centro de Investigaciones y Estudios Laborales / CONICET, Argentina)
    Gabriela Rubilar (Universidad de Chile)
ESTRUTURA ACADÊMICA

A especialização terá a duração de um ano e requer para a sua acreditação a realização do curso internacional “Problemas metodológicos e construção do conhecimento científico-social”, duas  oficinas  obrigatórias, dois seminários opcionais sobre a oferta curricular e a preparação de um projeto de conclusão de curso. O curso internacional terá duração de 12 meses e requer a participação em fóruns de discussão para seu credenciamento. Os alunos terão o apoio de tutores(as) que acompanharão o decorrer dos seminários virtuais e orientarão a realização dos trabalhos finais. Terminada a entrega dos seminários, os alunos terão um prazo de quatro meses para entrega do trabalho final. Caso esteja pendente a conclusão de um crédito, também terão o referido prazo para complementar o curso devido.

ESTRUTURA ACADÊMICA

A especialização terá a duração de um ano e requer para a sua acreditação a realização do curso internacional “Problemas metodológicos e construção do conhecimento científico-social”, duas  oficinas  obrigatórias, dois seminários opcionais sobre a oferta curricular e a preparação de um projeto de conclusão de curso. O curso internacional terá duração de 12 meses e requer a participação em fóruns de discussão para seu credenciamento. Os alunos terão o apoio de tutores(as) que acompanharão o decorrer dos seminários virtuais e orientarão a realização dos trabalhos finais. Terminada a entrega dos seminários, os alunos terão um prazo de quatro meses para entrega do trabalho final. Caso esteja pendente a conclusão de um crédito, também terão o referido prazo para complementar o curso devido.

OFERTA CURRICULAR
Curso Internacional
 
Problemas metodológicos e construção do conhecimento científico-social
 
Resumo: Esta unidade curricular pretende ter uma visão contemporânea dos debates metodológicos nas ciências sociais e aprofundar os métodos e técnicas mais utilizados nesta área científica. Para isso, foi convocado um grupo de especialistas que contribuirão com seus conhecimentos, reflexões e experiências em cada um desses temas, que posteriormente serão sistematicamente abordados nos Seminários de Especialização.
 
Aulas e professores:
1.    Fundamentos epistemológicos da pesquisa social contemporânea – Sara Victoria Alvarado (Colômbia)
2.    Debates metodológicos contemporâneos – Irene Vasilachis (Argentina)
3.    A triangulação metodológica – Juan Piovani (Argentina)
4.    Como tornar os conceitos das ciências sociais observáveis – Fernando Cortés Alberto (México)
5.    Pesquisas sociais e seus usos – Rosa María Rubalcava (México)
6.    Estudos de caso e comparação – Alberto Riella (Uruguai)
7.    Etnografia e reflexividade: o pesquisador como ferramenta do conhecimento – Rosana Guber (Argentina)
8.    A entrevista e suas possibilidades – Joan Miquel Verd (Espanha)
9.    Os grupos de discussão – Manuel Canales (Chile)
10.  Pesquisa biográfica – Ernesto Meccia (Argentina)
11.  Big data e pesquisa social – Paolo Parra Saiani (Itália)
12.  Ética e pesquisa social – Marcos Supervielle (Uruguai)
 
Oficinas obrigatórias
 
Oficina I – Projetos para pesquisa social
 
Resumo: São apresentados os diferentes desenhos de pesquisa em Ciências Sociais e os princípios gerais que norteiam a pesquisa social. Tipos de desenhos: de acordo com os objetivos, de acordo com a temporalidade, de acordo com a fonte dos dados, de acordo com a estratégia qualitativa ou quantitativa e de acordo com o nível de experimentação.
 
Coordenação: Néstor Cohen e Gabriela Gómez Rojas (Universidade de Buenos Aires, Argentina)
 
Oficina II – A lógica dos projetos de pesquisa
 
Resumo: A construção do problema de pesquisa. A relação entre quadro conceitual, objetivos e estratégia metodológica. As etapas do projeto: articulação e coerência lógica. Viabilidade e recursos. Preparação de um Projeto de Pesquisa.
Coordenação: Alberto Riella e Paola Mascheroni (Universidade da República, Uruguai)
Seminarios electivos:
 
1. A abordagem qualitativa e sias técnicas de pesquisa
 
Resumo: Construção e análise de informação qualitativa aplicada à pesquisa social: técnicas etnográficas, análise de discurso, grupos de discussão, formas de observação participante.
 
Coordenação: Juan Piovani, Leticia Muñiz Terra, Eugenia Rausky (Universidade Nacional de La Plata, Argentina)
 
2. Técnicas de análise estatística
 
Resumo: Análise estatística aplicada à pesquisa social. Base de dados, descritiva, variada e associação às variáveis de controle, análise de regressão, componentes principais e fatorial.
 
Coordenação  Rodrigo Asún (Universidade do Chile), Pablo Dalle, Jesica Plá (Universidade de Buenos Aires/CONICET, Argentina) e Fernando Tavares (Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil)
 
3. Estudos de caso e perspectivas comparadas
 
Resumo: Estudos de caso como estratégia de pesquisa empírica. Principais perspectivas de estudos de caso. Estudos de caso único e múltiplo. Por que comprar, como comparar e o que comparar.
 
Coordenação: Gabriela Rubilar (Universidade do Chile), German Quaranta (Centro de Estudos e Pesquisas Trabalhistas, Argentina) e Joan Miquel Verd (Universidade Autônoma de Barcelona, Espanha)
 
4. A construção de dados quantitativos e seu processamento
 
Resumo: Objetivação e medição de conceitos. Dos conceitos aos indicadores. Observação e instrumentos. Problemas de confiabilidade e validade. Técnicas de coleta primária e de banco de dados, fontes de informação.
 
Coordenação: Mauricio Tubio, Pablo Hein e Juan Romero (Universidade da República, Uruguai)
CRONOGRAMA
FORMAS DE PAGAMENTO
CM Pleno: se você pertence a um Centro Membro Pleno do CLACSO.
 
CM Associado: Se você pertence a um Centro Associado do CLACSO.
 
Sem vínculo: Se você NÃO possui nenhum desses vínculos com o CLACSO.
 
ESPECIALIZAÇÃO
 
  Pagamento em uma parcela antes de 20/01 Pagamento em uma parcela após 20/01 Pagamento em 3 parcelas
CM Pleno USD 400 USD 570 USD 750 (3 x USD 250)
CM Associado USD 530 USD 700 USD 1020 (3 x USD 340)
Sem Vínculo USD 660 USD 960 USD 1290 (3 x USD 430)
CURSO INTERNACIONAL
 
  Pagamento em uma parcela antes de 20/01 Pagamento em uma parcela após 20/01 Pagamento em 3 parcelas
CM Pleno USD 115 USD 230 USD 315 (3 x USD 105)
CM Associado USD 175 USD 290 USD 360 (3 x USD 140)
Sem Vínculo USD 240 USD 360 USD 450 (3 x USD 180)

Em todos os casos, o pagamento pode ser feito por cartão de crédito, depósito ou transferência bancária.

PERGUNTAS FREQUENTES
Quem pode participar da Especialização e do Curso Internacional?
 
A Especialização e o Curso Internacional são destinados a estudantes universitários de graduação e de pós-graduação; professores de todos os níveis; ativistas e militantes de organizações sindicais, movimentos sociais e partidos políticos; funcionários públicos e agentes da área jurídica, jornalistas, comunicadores e assessores de imprensa; membros e dirigentes de organizações não governamentais e profissionais interessados no assunto.
 
O que devo fazer para me inscrever?
 
Para participar é necessário que você se inscreva pela web.
 
As inscrições estarão abertas entre 12 de dezembro e 11 de fevereiro.
 
Como confirmar se estou inscrito/a?
 
Ao finalizar o processo de cadastro você receberá uma confirmação por e-mail.
 
O que acontece se eu não cursar, não concluir ou for reprovado/a nos Seminários Eletivos e obrigatórios exigidos pela Especialização?
 
No caso de não ser concluída alguma das instâncias de formação obrigatórias, em todos os casos, deverá ser pago um valor adicional para recuperação do referido crédito.
 
Caso o aluno decida não fazer a Especialização ou o Curso Internacional antes do seu início formal, ele poderá solicitar o reembolso da taxa de inscrição. O Clacso ficará com o equivalente a 10% das despesas administrativas.
 
Critérios excepcionais: em casos excepcionais e nos primeiros dois meses de início da Especialização, o aluno poderá solicitar a saída da turma e retomá-la no ano seguinte. Em todos os casos, os motivos que justificam o pedido devem ser apresentados por escrito. Dois meses após o início do curso, não será mais possível solicitar esse procedimento.
 
O que acontece se eu tiver que abandonar o curso?
 
Caso o aluno decida não fazer o Curso Internacional ou a Especialização antes de seu início formal, ele poderá solicitar o reembolso da taxa de inscrição. O Clacso ficará com o equivalente a 10% das despesas administrativas. Após o início, nenhum reembolso será feito.
 
Quando as aulas começam e quando terminam?
 
As aulas terão início a partir de abril de 2022 e serão concluídas em Março de 2023.
 
Como poderei acessar as aulas?
 
Todos os inscritos receberão as instruções necessárias para acessar as aulas, a bibliografia e os fóruns de discussão por meio do Espaço de Formação Virtual do Clacso.
 
Como poderei utilizar o Espaço de Formação Virtual?
 
O acesso e a navegação pelo Espaço de Formação Virtual acontecem de maneira simples e clara. De qualquer forma, uma equipe de apoio técnico e acadêmico estará sempre à disposição.
 
O que devo fazer para obter o título da Especialização?
 
Deve credenciar o Curso Internacional, dois Seminários Virtuais eletivos, a oficina de apoio à realização do trabalho final e realizar o trabalho final.
 
Como será a avaliação da Especialização?
 
Para obter o título da Especialização, você deve concluir um trabalho monográfico final. A oficina de apoio à realização do trabalho final é obrigatória e vai ajudá-lo nesse processo.
 
O que devo fazer para obter o título do Curso Internacional?
 
Você deve participar das aulas e atividades propostas pelos professores e fazer o trabalho monográfico final.
 
Vou receber um certificado por ter concluído a Especialização ou o Curso Internacional?
 
Sim, a Especialização e o Curso Internacional são certificados pela Flacso Brasil e pelo Clacso.
 
A especialização tem carga horária total de 360 horas e o curso internacional 90 horas.
 
O envio do certificado de conclusão será feito de forma digital e é totalmente gratuito. O mesmo, em formato físico, pode ser obtido gratuitamente na sede do Clacso, em Buenos Aires, ou nas sedes da Flacso no Brasil (Brasília, Rio de Janeiro ou São Paulo).
 
O diploma internacional de Especialista é emitido pela Secretaria-Geral da Flacso, localizada na Costa Rica. Os valores e procedimentos para emissão e envio do diploma internacional podem ser consultados na página da Flacso Brasil: versão em português e versão em espanhol.
 
Posso legalizar ou validar a Especialização?
 
A Especialização e o Curso Internacional são credenciados pela Flacso Brasil e pelo Clacso. O diploma internacional de Especialista é emitido pela Secretaria-Geral da Flacso, localizada na Costa Rica. Os valores e procedimentos para emissão e envio do diploma internacional podem ser consultados na página da Flacso Brasil.
 
Qual é o custo da Especialização?
 

Veja a tabela de preços e modalidades, disponível acima.

 

Caso deseje a certificação internacional expedida pela Secretaria-Geral da Flacso, deverá ser pago um custo adicional.*

  *A emissão do diploma impresso, junto com o histórico de notas, custa USD 200,00 (duzentos dólares). O valor inclui o envio dos documentos impressos e assinados para o endereço residencial do estudante. Os procedimentos para emissão e envio do diploma internacional podem ser consultados na página da Flacso Brasil: https://flacso.org.br/?page_id=24376.

Qualquer outra dúvida entre em contato através dos e-mails posgraduacao@flacso.org.br e afro3@clacso.edu.ar ou envie um WhatsApp para +5491138801388.

Para tratar de desconto para grupos e instituições, você pode entrar em contato com descuentosinstitucionales@clacso.edu.ar.

Entre em contato

Precisando de ajuda ou quer tirar alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Brasília (sede)

SAIS Área 2-A, s/n, 1º andar, sala 121, CEP: 70610-900, Brasília (DF), Brasil

flacsobr@flacso.org.br

Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, nº 524, 12º andar, sala 12.111, CEP: 20550-013, Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

secretaria.academica@ flacso.org.br

São Paulo

Avenida Ipiranga, nº 1.071, sala 608, República CEP: 01039-903, São Paulo (SP), Brasil