Ações Afirmativas e Burocracia Pública

Este projeto pertence aos seguintes programas: Colégio Latino-Americano de Estudos Mundiais

Coordenação: Rebecca Lemos Igreja
Financiamento: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF)
Instituições parceiras: Universidade de Brasília

 

O objetivo da pesquisa é realizar uma análise aprofundada da política de cotas raciais em concursos públicos e os mecanismos de funcionamento das “Comissões de Verificação de Autodeclaração”. Para tanto, a pesquisa ambicionou, em primeiro lugar, sistematizar e difundir informações atualizadas sobre o funcionamento das cotas raciais em concursos públicos no Brasil e sobre os beneficiários desta política. Realiza uma sistematização das experiências existentes nos níveis nacional, federal, estadual e municipal, mapeando os diversos marcos jurídicos existentes. Em seguida, a pesquisa aprofunda nas Comissões existentes, com a escolha de algumas delas como objeto de trabalho de campo qualitativo. Busca também analisar o presente contexto de questionamento e avaliação das ações afirmativas no Brasil, seu funcionamento e impacto. Como produto da pesquisa, serão elaborados: a) um mapa ilustrativo e georreferenciado dos modelos vigentes de cotas raciais em concursos públicos, e b) uma análise qualitativa do funcionamento das políticas de ação afirmativa no serviço público brasileiro.

 

Entre em contato

Precisando de ajuda ou quer tirar alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Brasília (sede)

SAIS Área 2-A, s/n, 1º andar, sala 121, CEP: 70610-900, Brasília (DF), Brasil

flacsobr@flacso.org.br

Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, nº 524, 12º andar, sala 12.111, CEP: 20550-013, Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

secretaria.academica@ flacso.org.br

São Paulo

Avenida Ipiranga, nº 1.071, sala 608, República CEP: 01039-903, São Paulo (SP), Brasil