No dia 9 de agosto será realizada a Mesa Coordenada Cultura e Educação: Experiências em Instituições de Ensino Superior no 18º Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult), promovido pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Cult) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A mesa é fruto da Especialização em Cultura e Educação da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil) e terá participação de integrantes da coordenação do curso e de especialistas formados na segunda turma da pós-graduação.

A mesa, que faz parte do GT Culturas e Universidades, propõe o diálogo entre trabalhos que narram experiências ligadas à oferta formativa e à gestão de políticas culturais alinhadas às questões educacionais em Instituições de Ensino Superior. 

Coordenação de Karen Kristien Silva dos Santos (Flacso Brasil) – Mestra pelo programa Cultura e Territorialidades da Universidade Federal Fluminense. É especialista em em Linguagens Artísticas, Cultura e Educação pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro e  em Políticas Culturais de Base Comunitária pela Flacso Argentina, onde integra a coordenação da especialização em Cultura e Educação. No momento, atua em processos formativos com foco em juventudes e direitos humanos. Desenvolve pesquisas no campo de políticas culturais, educação e políticas públicas, com enfoque em direitos culturais. 

Renata Montechiare (Flacso Brasil) – É coordenadora do Núcleo de Estudos e Políticas de Cultura e Diversidade da Flacso Brasil e da Especialização em Cultura e Educação da instituição. Doutora e mestre em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalha com temas relacionados à produção cultural, cultura e educação, diversidade cultural, patrimônio e museus, com pesquisas sobre coleções, objetos e exposições etnográficas, em especial nos museus de antropologia na Espanha. Atualmente, coordena um grupo de pesquisa em educação intercultural com foco em educação escolar indígena, quilombola e do campo no Brasil.

Camila L. Corrêa da Costa (UFRJ) – Produtora cultural da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atualmente lotada no Fórum de Ciência e Cultura, onde exerce a função de Diretora de Produção da Superintendência de Difusão Cultural. Especialista em Cultura e Educação pela Flacso Brasil, é mestre em Políticas Públicas pelo Programa de Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPFH/UERJ). Em 2021, após eleição em assembleia, passou a integrar a Diretoria Executiva do Fórum Nacional de Gestão Cultural das Instituições de Ensino Superior (FORCULT).

Fabio Augusto Cerqueira (Unicamp) – Gestor cultural na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), especialista em Direito Constitucional Aplicado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); e em Cultura e Educação pela Flacso Brasil. Desenvolve pesquisa em gestão cultural, políticas públicas de cultura e políticas culturais para as universidades.

A atividade faz parte do XVIII Enecult, que acontece entre 9 e 12 de agosto, de forma híbrida.

Serviço

Data:  09/08

Horário: 16h30

Transmissão Online – Youtube – https://www.youtube.com/Enecult

Enecult

A décima oitava edição do Enecult, promovido pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Cult) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), acontecerá entre os dias 9 e 12 de agosto de 2022.

Já passaram pelo ENECULT nestes 17 anos autores e pesquisadores de referência mundial como: Mia Couto (Moçambique), Antonio Lafuente (Espanha), Armand Mattelart (França), Armando Silva (Colômbia), Daniel Gonzalez (Argentina), Daniel Mato (Venezuela), Durval Muniz de Alburquerque Jr. (Brasil), Eduardo Nivón Bolán (México), George Yúdice (EUA), Gonzalo Carámbula (Uruguai), Manuel Garretón (Chile), José Miguel Wisnik (Brasil), Massimo Canevaci (Itália) Muniz Sodré (Brasil), Natália Ramos (Portugal), Octávio Getino (Argentina), Renato Ortiz (Brasil), Rocío Ortega (Paraguai), Rubens Bayardo (Argentina), Sérgio Amadeu (Brasil), Xan Bouzada Fernández (Espanha), Silvia Vetrale (Uruguai) e Victor Vich (Peru).

O XVII Enecult é promovido pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), por meio do Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT), Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura) do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC) e Faculdade de Comunicação (Facom).

Para saber mais, acesse a página do Enecult.

*Com informações: Cult – UFBA