A XXIV Assembleia Geral do Sistema Flacso nomeou Rita Gomes do Nascimento para o posto de diretora da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais sede Brasil (Flacso Brasil), em encontro realizado nesta sexta-feira (24) em Quito, Equador. A candidatura de Rita Gomes foi apresentada pelo Conselho Superior da Flacso, que se reuniu no dia 23 de junho, também em Quito, a partir de indicação do Conselho Acadêmico da Flacso Brasil. Ela irá suceder a Salete Valesan Camba, que está na direção da Flacso Brasil desde 2014. O mandato de Rita Gomes terá início no dia 20 de julho.

A Assembleia Geral da Flacso aprovou por aclamação resolução de reconhecimento aos trabalhos realizados por Salete Valesan Camba enquanto diretora da Flacso Brasil para o “fortalecimento e desenvolvimento da sede, assim como do Sistema Flacso como um todo”.

O plenário também indicou Rebecca Lemos Igreja, coordenadora do Colégio Latino-Americano de Ciências Sociais, programa da Flacso Brasil, como membro do Conselho Superior da Flacso.

Rita Gomes é indígena do Povo Potyguara do Ceará. Pedagoga, Rita é doutora e mestra em Educação pela Universidade federal do Rio Grande do Norte (UFRN), especialista em Gestão Escolar pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), e realizou Pós-Doutorado no Programa de Estudos Pós Doutorais (PEP) da Universidad Nacional Tres de Febrero/Argentina (UNTREF/AR).

Rita já integrava o quadro de membros do Conselho Acadêmico da Flacso Brasil, onde coordena o Programa de Estudos e Pesquisas sobre Educação, Direitos Humanos e Diversidade Étnico-Racial. É professora da Secretaria da Educação (SEDUC), lotada no Conselho Estadual de Educação (CEE) do Ceará.

Foi também conselheira da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, com mandato de 2010 a 2016. Exerceu o cargo de coordenadora Geral de Educação Escolar Indígena de 2012 a 2015 e de diretora de Políticas de Educação do Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais de 2015 a 2019 no Ministério da Educação.