Cadernos do GEA, Volume 5, Número 10, 2016 – A QUESTÃO INDÍGENA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Este número traz relevantes contribuições de pesquisadores/as indígenas e não indígenas que se dedicaram a estudar aspectos do ingresso de estudantes indígenas na educação superior. Não se trata apenas de quantificar esse ingresso, já que o perfil da população indígena brasileira impõe que a dimensão qualitativa dessa presença seja considerada. Os artigos discutem e analisam o quanto essa participação nas universidades reorganiza as relações sociais entre os membros da comunidade acadêmica, na mesma proporção em que incita a reflexão sobre os modos de produção do conhecimento científico. Estes estudos convidam o leitor a conhecer o caminho percorrido por muitos indígenas até chegar à universidade: da escolarização nos territórios de origem, por meio de instituições religiosas, até as experiências de formação dialógica que trazem o saber concreto das aldeias como parte da aprendizagem formal.