Formação em Convivência Escolar: Projetos de intervenção social

Tratou-se de um curso destinado aos profissionais da educação da Rede Marista nas áreas de infância e adolescência, diversidade e convivência escolar, ministrado na modalidade de ensino a distância. A intenção foi promover reflexão sobre a participação social e as violências nas escolas a partir da perspectiva de ações empreendidas, buscando como respaldo teórico a proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes, da construção da cidadania e da prática cotidiana dos educadores para assegurar a qualidade na educação. Paralelo a esse conhecimento, desenvolveu práticas inovadoras na educação com a utilização de sistemas tecnológicos para a promoção do ensino.

Objetivos

– Compreender as relações estabelecidas no ambiente escolar.

– Refletir sobre as práticas pedagógicas promovidas entre educadores e alunos.

– Abordar a infância e adolescência no ambiente educativo.

– Identificar as diferentes formas de violências nas escolas buscando ações de prevenção.

– Identificar as diversas formas de violências na sociedade e suas consequências no estado de direito.

– Reconhecer a interferência das drogas e suas consequências no contexto escolar.

– Reconhecer a importância do papel da família para ações colaborativas no contexto escolar.

– Definir a importância da mediação de conflitos como forma de prevenir as violências na escola.

– Entender os processos de uma convivência escolar positiva.

– Resgatar os conceitos básicos de pesquisa científica para aplicá-los no processo de intervenção social.

 

Público envolvido

Educadores da Rede Marista de Ensino

 

Período

Agosto de 2011 a abril de 2012

 

Abrangência

Nacional

 

Patrocínio

Rede Marista de Educação

 

Equipe

Miriam Abramovay (Coordenadora)

Luana Martins Carulla (responsável pelo projeto)

 

Site

http://campusvirtual-flacso.net/moodle/

Este projeto pertence aos seguintes programas: Programa Estudos e Políticas sobre a Juventude