Nota Pública – Museu Nacional

No ano de celebração de seus 200 anos, o Museu Nacional sofre a tragédia de um incêndio irreparável. O Brasil e o mundo perdem um patrimônio de valor inestimável para a história, memória e pesquisa.

Este desastre é sentido não apenas pela população brasileira, mas afeta os povos da região latino-americana e as nações de todo o mundo. Ali estavam partes do passado desses povos e muitas esperanças de nosso futuro comum.

Que esta tragédia seja um ponto de transformação das políticas públicas em apoio ao desenvolvimento da pesquisa em nossa região e represente uma profunda mudança a favor do respeito pelo passado de nossos povos e tradições.

A Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil) está irmanada com o sentimento de tristeza que se abateu sobre a população e se solidariza com os servidores e pesquisadores do Museu Nacional que, neste momento de dor, se unem para buscar alternativas, criar soluções e prosseguir no afã que alimenta o trabalho intelectual de conhecer melhor nosso mundo para torná-lo mais humano e solidário.

Manifestamos nossa disposição em prestar todo apoio necessário e nos agregamos à comunidade científica latino-americana no apoio à Universidade Federal do Rio de Janeiro, seus dirigentes, estudantes, técnicos e professores.