Políticas Públicas como campo de conhecimento e práticas

Por Enap

seminario enapA Escola Nacional de Administração Pública (Enap), a International Public Policy Association (IIPA) e a Universidade de Brasília (UnB) realizaram, nesta segunda-feira (28), o Seminário Internacional: As Políticas Públicas como Campo de Conhecimento e Práticas.  O evento tem apoio da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso). A atividade marca a abertura do Curso Internacional sobre Políticas Públicas (Summer School), que é realizado de 28 de novembro a 2 de dezembro.

Durante a mesa de abertura o diretor de Comunicação e Pesquisa da Enap, Fernando Filgueiras, ressaltou que “esse tipo de cooperação internacional, que gera cursos e seminários como esse, contribui muito para a construção das capacidades do Estado Brasileiro a partir do intercâmbio de conhecimento”.

A diretora da Flacso, Salete Valesan, realçou a importância do tema do seminário e explicou que é “extremamente necessário que sejam feitas essas trocas de experiências, para que sejam construídos conhecimentos cada vez mais profundos e profícuos na área das políticas públicas, especialmente na área das ciências humanas e sociais”.

O diretor presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), Wellington Lourenço de Almeida, agradeceu o trabalho de todos os envolvidos na organização do seminário e destacou que “a atividade representa um esforço muito grande de convergência de pessoas que querem fortalecer a área de políticas públicas”.

A administradora de Projetos do Centro Latinoamericano de Administração para o Desenvolvimento (Clad), Diana Acosta , Diana Acosta, frisou que o “objetivo do seminário é a melhora teórica e metodológica, avançando assim a produção de conhecimento, e gerando novas experiências e expectativas”.

Para o diretor do Centro de Estudos Avançados de Governo e de Administração Pública da Universidade de Brasília (Ceag/UnB), Bernardo Kipnis, “a internacionalização do conhecimento sempre foi e sempre será bem-vinda, o que faz que eventos como esse sejam muito importantes”.

Por fim, o presidente fundador da IPPA, Guy Peters, agradeceu a oportunidade de participar do seminário: “Espero que nós, os palestrantes, possamos contribuir para desenvolver as competências do Estado, além de difundir o conhecimento que possuímos na área de políticas públicas”.

O seminário foi composto por duas mesas-redondas, tendo como palestrantes o professor da Universidade de Pittsburgh, Estados Unidos, e presidente fundador da IPPA, Guy Peters; o professor da Universidade de Singapura e vice-presidente da IPPA, M Ramesh; o professor da Universidade de Lyon, França, e secretário-geral do IPPA, Philippe Zittoun; e a professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Celina Souza.