Os convocados devem comparecer para matrículas no dia 28 de fevereiro.

Foi publicada nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro, a quarta chamada de aprovados no Vestibular 2018 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) da Universidade de São Paulo (USP). Os convocados devem comparecer para matrículas na próxima quarta-feira, 28 de fevereiro.

São 407 candidatos, sendo 353 novos e outros 54 matriculados em chamada anterior que tiveram a solicitação de remanejamento atendida.

As matrículas dos novos calouros serão realizadas mediante a apresentação dos seguintes documentos: certificado de conclusão do ensino médio com o histórico escolar, documento de identidade e uma foto 3×4 recente. Além disso, outros documentos comprobatórios são previstos para os estudantes que se beneficiaram do Sistema de Pontuação Acrescida (INCLUSP).

Próximas chamadas

Segundo o Manual do Candidato, restam ainda quatro novas convocações, previstas para os dias 2, 8, 15 e 22 de março. É necessário que o convocado marque uma das seguintes opções: Matriculado satisfeito; Matriculado aguardando nova convocação; ou Desistente aguardando nova convocação.

A partir da 6ª convocação aqueles estudantes classificados, mas ainda não matriculados, poderão participar do processo de reescolha, indicando um outro curso que conte com vagas remanescentes.

Fuvest

O Vestibular da Fuvest seleciona para os cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP) e acontece em duas etapas. Nesta edição, a primeira fase, que é composta por questões objetivas de conhecimentos gerais, aconteceu no dia 26 de novembro de 2017.

Já a segunda etapa, formada por uma redação e questões discursivas de conhecimentos gerais e específicos, teve sua aplicação entre os dias 7 e 9 de janeiro.

Além disso, os candidatos ao curso de Artes Cênicas participaram de teste de habilidades específicas (THE), aplicado entre os dias 10 a 12 de janeiro. Já os estudantes inscritos para os cursos de Artes Visuais e Música fizeram o THE em outubro de 2017.

Vagas

Nesta edição, a oferta foi de 8.402 vagas para cursos ministrados nos campi da USP em São Paulo, Bauru, São Carlos, Lorena, Piracicaba, Pirassununga e Ribeirão Preto. Pela primeira vez, a USP reserva vagas para alunos de escolas públicas e para candidatos autodeclarados PPI (pretos, pardos e indígenas).