Em outubro, cidades catarinenses ficaram ilhadas por causa da chuva.
Exame será aplicado nesta terça (1) e quarta (2).

Do G1 SC

Em Rio do Sul, ruas ficaram alagadas em outubro (Foto: Larissa Vier/ RBS TV)

Em Rio do Sul, ruas ficaram alagadas em outubro (Foto: Larissa Vier/ RBS TV)

Estudantes de municípios atingidos pela enchente no mês de outubro no Vale do Itajaí fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nesta terça (1º) e quarta-feira (2). Ao todo, são 4.542 candidatos: 3.618 farão do exame em Rio do Sul  e 924 em Taió.

A abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h, com início da prova às 13h30. Nesta terça, os participantes terão 4h30 para responder 45 questões de ciências humanas e outras 45 de ciências da natureza.

Na quarta, os candidatos terão 5h30 para responder 45 questões de linguagens, 45 de matemática e elaborar a redação. O exame é considerado uma importante entrada para cursos superiores em universidades públicas.

Chuva
Os candidatos de Taió e Rio do Sul não puderam fazer a prova em 24 e 25 de outubro como os estudantes de outras regiões do país, por causa das chuvas que causaram estragos em 31 municípios de Santa Catarina e afetaram 4,3 mil catarinenses.

Alícia Karina fará Enem em Rio do Sul (Foto: Arquivo Pessoal)

Alícia Karina fará Enem em Rio do Sul
(Foto: Arquivo Pessoal)

As chuvas deixaram famílias isoladas e locais de prova debaixo d’água. “Eu estava ilhada. Estávamos prejudicados tanto física quanto emocionalmente para prestar a prova”, conta a estudante Alícia Karina Will, de 17 anos, que fará a prova em Rio do Sul.
No último dia de prova, em 25 de outubro, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, falou sobre a nova prova nestas cidades. “Os organizadores do Inep consideram que nesses casos foi necessário suspender a prova. Será feita uma nova prova, no mesmo grau de dificuldade, com as mesmas regras de editais. O nível de uma prova para outra será o mesmo”, afirmou Mercadante.