Reduzir os índices de crimes violentos letais intencionais (CVLI) e contra opatrimônio (CVP) em 17% no prazo de um ano, especificamente no período entre agosto a julho de 2013. Essa é a meta estabelecida pelo Governo dentro das estratégias de combate à criminalidade em Alagoas.

 

Até agora, com as ações policiais preventivas e repressivas deflagradas peloPrograma Brasil Mais Seguro, o índice de redução dos crimes violentos letais alcançou a marca de 21,20%. O levantamento da Defesa Social foi feito com base no período de 27 de junho até o dia 20 deste mês, comparado com o mesmo período do ano passado.

 

Até o final do ano, serão colhidos os resultados numéricos das metas estabelecidas para diminuição de pelo menos quatro vertentes de crimes. As metas e estratégias para a redução da criminalidade estão sendo planejadas com o apoio de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDJ.

 

Além da prioridade máxima definida pelo Governo – a redução do número de crimes violentos letais – as ações de segurança têm como meta também os crimes violentos contra o patrimônio e os ataques a instituiçõesfinanceiras.

 

Segundo o secretário Dário Cesar, todos os órgãos de segurança pública estão trabalhando de forma integrada e com o único foco de mudar o mapa da violência. “Estamos modernizando o sistema de segurança pública, para que possamos combater a criminalidade de forma eficaz”, explicou.

 

Nesta sexta-feira (21), a Defesa Social assinou um contrato para as obras do ambiente da Sala de Situação, que funcionará na sede do órgão. No local, gestores da área de segurança farão o acompanhamento das metas estabelecidas para a redução da criminalidade em todo o Estado.

 

“Neste momento em que as forças policiais estaduais e federais estão unidas através do programa Brasil Mais Seguro, conseguindo reduzir os índices de criminalidade, é fundamental trabalhar com uma ferramenta que possibilita focarmos nosso trabalho no futuro”, ressaltou o secretário.